Terça-feira, 29 de Julho de 2008

Vou de férias......sem o meu animal de estimação

              

Especialmente no Verão, centenas de animais de estimação, são abandonados à porta de canis ou à beira de estradas. Para quê? Para os seus donos irem de férias sem terem de ficar limitados a espaços onde  permitem a entrada de animais.

Não entendo porquê, pois agora, existem inumeros estabelecimentos que ficam com eles , e assim, os donos sabem que os seus animaizinhos estão em segurança. Mas se não tiver hipóteses financeiras, também existem outras soluções como deixar ao cuidado de um vizinho, amigo ou familiar, ou então, levar o seu animal nas suas férias, e procurar estabelecimentos onde possam entrar animais, agora já há muitas oportunidades por isso não há desculpa.

 

 Deixo aqui uns sites onde você pode-se informar acerca deste assunto e encontrar a melhor solução!

 

 

- http://sofiagoncalves.blogspot.com/2007/06/v-de-ferias-descansado-ns-cuidamos-do.html

 

http://kuntasworld.blogspot.com/2007/09/frias-e-sua-planifica-co.html 

 

Quinta-feira, 17 de Julho de 2008

Parque Biológico de Gaia

 

Aqui fica mais um site desta vez do Parque Biológico de Gaia:

 

http://www.parquebiologico.pt/gaia/portal/user/anon/page/_PB_default.psml?categoryOID=EE82808080CB80GC&contentid=8682808F80CO&nl=pt

 

 

 

Quarta-feira, 16 de Julho de 2008

Destinos naturais

Agora com as férias nada melhora do que dar passeios ao ar livre em contacto com a Natureza. Aqui ficam algumas sugestões:

- Safaris, por exemplo em Moçambique

- Parques e reservas naturais de portugal,

ver nos seguintes 

sites: - tp://animais.clix.pt/parques.php?p=1 

 

- http://images.google.pt/imgres?imgurl=http://turismo-natureza.net/imagens/SerraAlv%25E3ovo.jpg&imgrefurl=http://turismo-natureza.net/parques-naturais/alvao.html&h=500&w=375&sz=113&hl=pt-PT&start=1&um=1&tbnid=HPAC8lbJoF3plM:&tbnh=130&tbnw=98&prev=/images%3Fq%3Dparques%2B%2Bnaturais%2Bde%2Bportugal%26um%3D1%26hl%3Dpt-PT%26cr%3DcountryPT

Agora deixo algumas imagens:

Serra natural do Alvão

 

 Albufeira da Caniçada - Parque do Gerês

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Parque nacional da peneda gerês

 

Serra da Arrábida

 

 

 

 

 

 

 

 

Parque natural da arrábida

 

 

Girafa

Girafa

Nome científico: Giraffa camelopardalis

 


Distribuição
As girafas podem ser encontradas em todo o território do Centro e do Sul do continente africano.

Gosta de viver nas estepes e savanas, em amplos espaços, onde pode usar a sua maior arma, a velocidade. Para se defender só pode dar coices que, apesar de serem mortais se acertarem em alguém ou algum animal, são difíceis de aplicar quando corre em debandada.

O facto de ter de se agachar para conseguir beber água, faz com que a girafa seja extremamente vulnerável nessa altura e então os seus predadores, os leões, não perdem a oportunidade. Por esse motivo, as girafas vivem em grupos familiares que podem ter até 10 elementos e, destes, um dos adultos está sempre alerta enquanto os outros descansam, bebem água ou se alimentam, e estes animais têm um olfacto e visão dignos do seu tamanho!

Alimentação
Os longos pescoços e patas da girafas permitem que estes herbívoros comam só as folhas das copas das árvores, que são inacessíveis para outros animais, podendo aí escolher as folhas mais verdes e tenras.

Nas girafas, o macho é significativamente maior e mais robusto que as fêmeas, sendo por isso relativamente fácil distingui-los.

Gestação
O tempo de gestação das girafas ronda os 420 dias, nascendo posteriormente uma única cria, que é amamentada pela mãe. Ao resto do grupo cabe o papel de proteger a cria dos predadores, e as pequenas girafas têm alguns, entre eles o leão, a chita, a hiena e os cães selvagens africanos.

Tamanho e peso
Uma girafa adulta pode medir 4,00 m de comprimento, 6,00 m de altura e pesar cerca de 1200 kg.

publicado por animalover às 19:26

link do post | comentar | adicionar-me aos favoritos

Leão - O REI DA SELVA

Leão- O REI DA SELVA

 

 

Nome científico: Panthera leo

Distribuição
O leão vive num vasto território, que vai desde o Centro até ao Sul de África. Existe ainda um grande número de indivíduos, principalmente nas reservas existentes neste continente, embora em alguns territórios tenha sido quase extinto, devido às constantes guerras existentes nessa zona. Existem muitos exemplares espalhados pelos zoos de todo o mundo, havendo também muitos particulares que mantêm estes felinos nas suas propriedades. Estes animais, regra geral, são pacíficos, já que são capturados enquanto jovens, podendo contudo tornar-se violentos se o alimento faltar, ou na época do cio.

O leão é também frequentemente usado nas actividades circenses. No entanto, em alguns casos são mantidos em condições físicas muito degradantes. Alguns circos não cumprem as regras estipuladas para se manterem leões em circos.  

Hábitos
Os leões vivem em grandes famílias, constituídas por um macho dominante, muitas fêmeas e crias. Os jovens machos são afastados do grupo logo que atinjam a maturidade sexual pelo macho dominante, voltando frequentemente para disputar com este a liderança do grupo. Frequentemente, o domínio do grupo é disputado por outros machos e, se o macho até então dominante perder, o novo macho tentará eliminar todas as jovens crias da linhagem do antigo dominador.

A caça
Nos grupos de leões, a caça está reservada às fêmeas. Estas esperam que uma manada de qualquer uma das suas presas favoritas passe perto, e montam emboscadas colectivas. Frequentemente, o número de animais abatidos é superior ao necessário, pois quando o ataque começa as leoas perdem a noção das necessidades, acabando por matar muitos animais.

Apesar de não participar nas caçadas, o macho é o primeiro a comer, principalmente se o número de presas for pouco. Só depois de saciado é que o macho cede o lugar às fêmeas e aos jovens.

Os machos que não possuem territórios juntam-se em grupos e têm de tentar caçar, ou então esperam pelos restos de carcaças que eventualmente possam encontrar, ficando com muita frequência famintos, dada a sua inabilidade para a caça.

As fêmeas solitárias ou com crias caçam sozinhas para alimentar a sua prole. No entanto, necessitam frequentemente de fazer várias investidas até serem bem sucedidas.

As presas
As presas preferidas dos leões são as zebras, gnus, impalas e outros pequenos cervídeos e antílopes da savana. Em tempo de poucas presas, podem atacar búfalos e girafas, mas estes animais são evitados, já que um ataque mal planeado pode ser fatal para o predador, no caso dos búfalos, devido às marradas e no caso das girafas, devido aos coices.

Reprodução
As leoas podem ter crias a cada dois anos.
O tempo de gestação dos leões é, em média, de 100 a 108 dias, tempo ao fim do qual nascem entre três e quatro filhotes. As crias nascem com pequenas manchas tigradas nos membros, que desaparecerão por volta dos seis meses. Só os machos desenvolverão a sua característica juba. A mãe amamenta os filhotes em exclusivo durante alguns meses, após o que começa a partilhar com eles o seu alimento e a ensiná-los a caçar, deixando de se ocupar da ninhada por volta do ano.

Tamanho, peso e esperança de vida
Os leões podem medir cerca de 1,90 m, ter 90 cm de altura e pesar 150 kg. Vivem cerca de 20 anos.

 

Com estas caracteristicas podemos mesmo dizer que os leões.......... são os reis da selva!

sinto-me:

Ursos polares

Ursos polares

 

Nome científico: Ursus maritimus

outros nomes: Urso branco

 
Distribuição
Os ursos polares habitam as regiões do circulo polar ártico e territórios envolventes, nomeadamente Canadá, Alasca, Sibéria, Gronelândia e ilhas próximas, como Svalbard (Noruega) e Wrangel (Rússia).
Com o degelo das calotes polares, muitos ursos têm sido encontrado afogados longe dos seus territórios naturais, vítimas do deslocamento de imensas massas de gelo que se separam com os animais em cima e que acabam por derreter, deixando os ursos muito longe de algum local firme e levando a que, apesar de serem excelentes nadadores, acabem por morrer.

Alimentação
A base da dieta dos ursos polares são as focas, independentemente da espécie, já que fornecem muito alimento e muita gordura, extremamente necessária para estes animais. No entanto, qualquer outro animal que se cruze com um urso polar pode ser uma refeição, sejam aves ou os seus ovos, mamíferos terrestres locais, peixes ou carcaças de baleia que ocasionalmente encontre enquanto vagueia.

Estado de conservação
Esta espécie está classificada pela IUCN como vulnerável, o que se deve a vários factores: a caça, que devastou grande parte dos animais desta espécie, a baixa taxa de natalidade registada na espécie e, finalmente, o aquecimento global, que pode acabar o serviço que os homens começaram. Estima-se que antes do ano 2100 possa já não haver ursos polares a viver em liberdade.

Gestação e maturidade sexual
As fêmeas dos ursos polares atingem a maturidade sexual após completarem os 4 anos, o que só acontece com os machos entre os 5 e os 6 anos.
A gestação deste animais dura em média 230 dias, podendo variar entre 195 e 265 dias, findos os quais podem nascer entre uma e quatro crias, mas normalmente duas.
As crias vivem acompanhadas das mães até cerca dos 24 meses, altura em que se tornam independentes. Em média, durante a sua vida uma mãe ursa desta espécie pode gerar crias 5 vezes.

Tamanho
Os ursos polares são o maior carnívoro terrestre da actualidade. Os machos podem atingir os 2,5 metros e pesar 800 quilos, enquanto que as fêmeas rondam os 1,8 metros e pesam cerca de 500 quilos.

Longevidade
Os ursos polares a viver em liberdade têm uma esperança de vida média de 30 anos, em cativeiro um pouco mais. Há registo de um urso polar que passou os 40 anos em cativeiro, mas é o recorde conhecido.


 

Aquecimentos global

Com o aquecimento global os ursos polares têm dificuldades em viver com uma boa qualidade de vida. Mas não são só os ursos polares que têm dificuldades por causa do aquecimento global, muitos outros animais têm.

publicado por animalover às 18:03

link do post | comentar | adicionar-me aos favoritos

*Perfil

*pesquise o que quiser

 

*Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

*posts fresquinhos

* Anedota animal - o elefan...

* Zoo recria em lego animai...

* Animais de estimação

* Animais de estimação de F...

* Okapi - Um estranho anima...

* Envie a foto do seu anima...

* Jovem acusado de matar 19...

* Gato desaparecido é encon...

* Exposições caninas intern...

* Piton mata criança

* Anedota animal

* Cão de Obama

* Caçadores furtivos matam ...

* Joaninhas invasoras na Gr...

* O que fazer com os animai...

*arquivos

* Abril 2010

* Janeiro 2010

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Setembro 2007

* Agosto 2007

*Envie a foto do seu animal

Para o email: softi_25@sapo.pt
blogs SAPO